terça-feira, 21 de abril de 2009

Por Todas as Crianças

A B. é uma criança muito carinhosa. Quando gosta de alguém beija, abraça, pede colo, enfim adora dar e receber miminho. Contudo, e apesar de adorar as irmãs, avós, tias, primas, professora, sempre teve predilação pelo sexo oposto. Desde bem pequenina que prefere o colo dos tios, dos primos, do padrinho. Chega a ser chata de tão insistente que é. Este facto chegou a preocupar-me ao ponto de pensar em levá-la ao psicólogo. O ponto alto do problema aconteceu á pouco mais de um ano atrás. A Bia começou a ter aulas individuais de violino, 45 minutos por semana. O professor, um italiano muito engraçado, cativou-a facilmente. Como era muito pequena (ainda não tinha 7 anos) as aulas tinham uma vertente muito lúdica. Os exercícios eram feitos de modo a parecerem brincadeiras e assim conseguir prender-lhe a atenção. Quando ía levá-la ás aulas ela corria para o colo do professor. Quando a ía buscar encontrava-a muitas vezes ao colo dele. Isto começou a incomodar-me. Na verdade não existia o mais pequeno indicio de que algo de anormal de passasse mas eu não ficava descansada. Falei com a responsável pela Escola de Musica, que por acaso é da minha família. Foi muito franca. Conhecia o professor á alguns anos, tinha capacidades reconhecidas e nunca tinha ouvido nada que lhe incutisse suspeitas de qualquer ordem. No entanto sugeriu-me que ficasse a assistir ás aulas. Falei com o professor que achou muito boa ideia. Na sua opinião a minha presença talvez facilitasse a concentração. A partir desse momento as aulas começaram a render mais. Eu conseguia ajudá-la mais em casa pois relembrava-a das dicas do professor. Este ano lectivo o professor mudou e agora tem uma professora. Que ela também gosta mas com quem nunca brincou como fazia com o professor M. Continua a falar dele com muito carinho e sei que provavelmente as minhas inquietações eram infundadas. Mas no fundo ninguém conhece ninguém. E por melhores que sejam as referências curriculares de alguém isso nada nos diz sobre o intimo da pessoa.
Lembrei-me deste episódio ao ver esta petição: Petição Pelos direitos das crianças.

Porque concordo que algumas leis deveriam ser mais rígidas quando estão em causa crianças. Porque devemos poder confiar os nossos filhos aos profissionais que as têm a seu cargo. Sabendo que aqueles que já foram um dia condenados por algum tipo de abuso contra crianças não poderão voltar a trabalhar com estas ficaremos mais descansados.

A B. está agora mais crescida. Embora continue a adorar os elementos masculinos da nossa família sinto-a mais retraída. Mas não muito... Talvez o seu comportamento de deva ao facto de ser menina. Por adorar o pai. Por ser muito extrovertida. Deixei de me preocupar com isso. Talvez seja apenas a sua maneira de ser!

6 comentários:

Mamã da Rafinha disse...

Acho que faria o mesmo, se visse o mesmo seja no colégio, seja nas aulas de música da Rafinha, fizeste bem, e o resultado foi positivo, isso é que importa;)

Por todas as crianças, subscrevo e assino:)))

Beijinhos cheios de carinho

Perlim-Pim-Pim disse...

Olá
Venho convidar-te a visitar o Perlim-Pim-Pim ... lá podes encontrar muitos artigos personalizados, desde convites e prendinhas para aniversários, casamentos e baptizados, a telas e posters e mto, mto mais!

Beijinhos Perlim-Pim-Pim

Carla Isabel disse...

Bem eu sou igualzinha, quando vejo algo que me fica na cabeça nao descanso enquanto nao percebo...e foi o que fizeste e muito bem!

Deviamos ser todos assim mais atentos para evitar os abusos!

Bjs

Ana disse...

Eu no teu lugar provavelmente teria tomado a mesma atitude...

Bjs

Ana C. disse...

Quando entregamos os nossos filhos a alguém, entregamos-lhes o que temos de mais precioso. Por isso me choca tanto que certos abusos partam daqueles que mais deviam proteger as crianças.
Com o mundo no estado em que está, com as notícias que ouvimos todos os dias, eu também teria feito o mesmo. És uma mãe atenta, apenas isso.
Se te descansa conheço mais do que uma menina fascinada pelo sexo oposto, ainda estou para perceber porquê...

MyStar's disse...

Tens um miminho no meu blog!
e no que toca aos nossos filhotes mais vale prevenir que remediar!
Bjinhos