segunda-feira, 30 de março de 2009

As minhas leituras

Respondendo ao desafio da Marinha aqui fica a 5ª frase da página 161 do livro mais próximo:
" Desde que o centro de detenção de Guantánamo abriu, no início de 2002, foram comunicadas mais de quarenta e uma tentativas de suícidio de vinte e três detidos."
O livro "O Meu Diário de Guantánamo" de Mahvish Rukhsana Khan.

Título: O Meu Diário de GuantánamoAutor(es):Khan, Mahvish Rukhsana
«O Meu Diário de Guantánamo é o primeiro livro que dá vida ao local e aos prisioneiros. Ao mesmo tempo triste, revoltante, mas também comovente e enternecedor, está maravilhosamente escrito. É um livro espantoso.»

— ARYEH NEIER, presidente do Open Society Institute e antigo director executivo da Human Rights Watch

Um livro actual que reflete o problema que se coloca á sociedade de hoje. A definição de terrorista, a aplicação de penas, a defesa das liberdades, a presunção de inocência até prova em contrário que não existe na prisão de Guantánamo.

Estas são as regras do desafio:

1º - Pegar no livro mais próximo;
2º - Abrir na página 161;
3º - Procurar a quinta frase completa;
4º - Colocar a frase do blog;
5º - Indicar 5 pessoas para continuarem a tarefa.

Digam-me o que andam a ler:

5 comentários:

Cláudia disse...

Aceito o desafio. Mais daqui a pouco respondo...

beijocas

Kakia disse...

Dicionários não contam pois não?!?

Sofia disse...

Ja esta! ;-)
bjs

MARIINHA disse...

Pois já vi que respondeste ao meu desafio.
O livro que estás a ler foca um tema muito actual, parece que com o Obama a prisão irá ser encerrada. Beijinhos

flores disse...

Olha q giro. Vim atrás do link, claro. ;) Foi a primeira visita? Se sim, bem-vinda e volta sp. Se não, bem-vinda e volta sp. :)

Tb li este livro há mto pouco tempo.