quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Todos diferentes, todos iguais

No Sábado estivemos num casamento. Na nossa mesa estava o Vasco. Tem a idade da G. mas não podia ser mais diferente.
Enquanto ela fazia uma birra e acabava por não comer quase nada, ele pedia por mais comida. O que ele come num dia dá para a alimentar quase uma semana.
Enquanto ele se distraía a brincar sossegado na cadeira, ela tentava a todo o custo sair da mesma. Atirava com os brinquedos e pedia colo o tempo todo.
Enquanto ele demorou cerca de 10 minutos para adormecer, ela levou quase uma hora.
Enquanto ele dava alguns passos à volta dos pais, ela correu o salão todo, explorou o jardim e ainda tentou ir para a rua.
Semelhanças? Só no gosto pela mama e no sorriso lindo que ambos têm.

6 comentários:

Susana disse...

É mesmo verdade o que dizes, cada um é mesmo como é e vai-se fazer o quê, daí não servir fazer comparações porque de ambos os lados existiria sempre pontos menos bons. Quem tem filhos mais bem comportadinhos queixa-se de alguma preguiça ou timidez. Quem tem filhos aventureiros e energicos como a tua poderia queixar-se de ela não ser mais calminh, mas fazer o quê, são como são...
Beijinhos e resto de uma boa semana para ti ;o)

Silvana Santos disse...

Melhores numa coisas, piores noutras. Somos todos assim. E olha haja saúde para tanta energia eheh
Beijos

Magda E. disse...

é sinal que ela ta bem e cheia de energia... =)

Nany disse...

Absolutamente normal.
Aposto que a outra mãe acha o dela muito calminho e comilão e gostava que tivesse mais energia.
Bjs

raquel disse...

O A. é tal e qual a tua princesa, na energia e na exigência!
Para comer é que é como o Vasco!
Haja muiiiita energia, nossa*

akombi disse...

Engraçado á aquela ideia de que os rapazes é que são mais traquinas que as meninas. É tal e qual cada um com as suas diferenças que tb podem ser boas.

Gosto dos posts li em baixo, de saber sugestões de leituras, apesar de não saber o que isso é, não me consigo organizar e ter tempo para ler :o
Boa semana.