sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

E numa conversa

com uma amiga ela dizia-me algo eu também sinto muitas vezes: - Tenho alturas em que sinto medo de ser tão feliz. Medo que esta felicidade toda acabe...

Será normal este medo de ser feliz? É como se não fosse normal ter uma família feliz. Aquela família que tem saúde, amor e alguma estabilidade financeira. Em que os problemas são pequenas coisas que, á falta de mais, servem de pretextos para amuos. Estará o provérbio "não há mal que sempre dure nem bem que nunca se acabe" tão enraizado na nossa cultura que quando estamos bem não achamos normal?

E quando este sentimento chega acaba por assombrar momentos bons que deveriam ser de paz.

E por isso digo: chega de medos! Vamos viver os dias bons em pleno e desejar que nunca acabem. Vamos deixar de ter medo de sofrer no futuro. Porque isso é sofrer por antecipação.

Vamos ser felizes!

4 comentários:

Sofia disse...

Ah. Isso e mesmo muito dificil, porque a felicidade e tao preciosa que temos sempre medo de a perder. Mesmo quando a temos, as vezes continuamos a procura dela, e nao nos apercebemos do que temos antes de a perder.

E pateta, mas acho que a natureza humana.

Mas alinho nessa de sermos felizes, sem medos. ;-))))
bjs

Cláudia disse...

:)
acho que quase toda a gente tem medo que apareça alguma coisa que estrague a nossa felicidade...

O meu lema é gozar a fe licidade enquanto podemos

beijinhos

Kakia disse...

Apoiado!!!Temos mas é que aproveitar.

:)

Lurdes disse...

Isso é verdade! Eu própria penso nisso muitas vezes. Vemos tanta desgraça no mundo e histórias tão dificeis que temos medo de fazer parte duma dessas histórias um dia.
Mas o melhor é mesmo fazer como dizes: aproveitar a felicidade e viver um dia de cada vez.
Bj