segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Um gato?


- Mamã, sabes qual foi o meu sonho esta noite? Sonhei que estavas grávida mas não era um bebé que tinhas na barriga, era um gato!


E com isto resumiu tudo. Ela quer um mano e um gato. O irmão/irmã está planeado. O gato é mais complicado. Tenho andado a adiar para o verão esta ideia, com a desculpa que uma vez que não vou permitir animais dentro de casa e ele vai ter que ficar no jardim, agora está muito frio. Mas no fundo ainda não me estou a ver a cuidar de um animal. E sei que acaba por sobrar para mim. Vamos mesmo ter que pensar muito bem. Até lá pode ser que arranje maneira de lhe dar a volta...

5 comentários:

Claudia Capela disse...

Pois a chegada de um animal tem que ser muito bem planeada... Um gato tem sempre tendencia para fugir, se ainda não estiver bem ligado á casa, e pode sempre ser atropelado e isso.... Para ter dentro de casa, são animais muito limpinhos, que fazem os cócós na areia, não precisam de ser ensinados...
Um cão dá sempre mais trabalho (eu tenho duas...) mas a ligação com os donos é espectacular... São mais difíceis de educar (se quiserem um bebe), tem que se ter muita paçiencia, e ve-los como uma criança estrangeira, que faz asneiras(rói...), e não entende o que queremos dele... Mas depois de educados (sem bater claro), são fieis, amigos, e companheiros. As minhas estão dentro de casa. Claro que ás vezers é pelo por todo o lado, já tive coisas roidas na cozinha, mas se estou triste elas sentem, e adoram brincar com o Rui Pedro... São animais, têm sentimentos, e portanto a decisão tem que ser bem pensada...

boa sorte :)

Ps- se decidires ter um animal, adopta, não compres.... Há imensos abandonados, e de raça...

beijinhos

Ana C. disse...

Sabes que eu adoro animais, mas não me sinto capaz de ter um. O trabalho, a responsabilidade, a prisão, a sujidade... NÃO, já tenho cansaços de sobra ;)

Carla disse...

Sim, e quem vai engravidar em breve (uma fadinha disse-me que sim)...não deve ter gatos (pelos riscos que podem transmitir), acho que o gato vai ter que ficar para depois!Beijinho grande!

Mamã da Rafa disse...

Eu também gosto muito de animais, e gostava de dar um gatinho à Rafinha, mas tal como tu vou ter que ponderar muito bem, é que sobra só para mim também, e depois existe sempre o problema das férias, que não tenho com quem o deixar por isso teria sempre de vir comigo, aliás todos os animais que tive sempre foram de férias conosco, mas é muito complicado, para tu veres, já fui de gato com trela para a prais, em pleno Algarve, lol

Beijinhos cheios de carinmho

Sofia disse...

ui... um bebe e um gato ao mesmo tempo nao e muito boa ideia, acho eu. tambem sou como tu, sei que sobra para mim e nao quero tratar de bichos. gosto deles, mas a uma certa distancia. e o M. e alergico a gatos, por isso nem pensar... a Alice ja pediu um cao, mas felizmente ate agora ficou satisfeita com um a pilhas...
bjs