segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Ele voltou!

Primeiro desapareceu durante 4 dias. Não era a primeira vez que passava a noite fora logo não me preocupei imediatamente. Mas 4 dias? Era demais. Não sabendo como lidar com as lágrimas da B. calçámos os ténis e saímos para o procurar. Questionamos alguns vizinhos, demos uma volta pela aldeia e nada. Foi no dia 1 de Janeiro. Meia hora depois de voltarmos a casa ele apareceu. Contente, sem fome, parecia bem tratado. Não o prendemos e logo voltou a sair. Voltou ainda nesse dia mas resolvemos fechar os portões para evitar fugas. Não esteve uma semana connosco. Apanhou o portão aberto e voltou a fugir. Esteve desaparecido 3 semanas. Não o voltámos a procurar e ele não deu sinais de vida.
No sábado regressou. As lágrimas da B. já estavam secas e  ela e o pai já falavam em substitui-lo. Eu não. Sempre soube que ele voltaria. Sentia que estava bem e que assim que o soltassem ele viria para casa.
Chegou bem, mais gordo - o que pode significar que esteve preso. Trás uma coleira nova, embora também tenha a antiga.
Daqui para a frente teremos outros cuidados. Deixará de andar solto e não terá a liberdade de entrar e sair quando quiser. Porque ele podia estar bem noutra casa, noutro local, com outras pessoas. Mas é nosso e nós não estávamos bem sem ele.
O nosso cão regressou. O Alvim está em casa!

4 comentários:

Susana disse...

Acho que fazem bem, porque assim evitam de no regresso a cada uma das casas que se magoe com algum carro, nunca se sabe, apesar de ele parecer bem esperto, existem cães que se sabem orientar bem e não se assustam com carros, os meus parecem uns tontos se se apanham soltos, só fazem asneiras e acredito que não soubessem voltar a casa. É pena é ele não dizer quem é o 'outro dono', provavelmente irão ficar preocupados... Beijinhos

Mamã Petra disse...

Realmente o melhor é tirarem-lhe a liberdade, sofrem menos.

Beijinhos

akombi disse...

Tb acho que o melhor é tomarem outras medidas, desta vez ele voltou e voces notam que foi bem tratado numa outra vez já não poderá ser assim.

Mtos parabéns á tua menina crescida.

Quanto ao desmame tb eu fiz algo parecido, coloquei pimenta no mamilo mas a "sacanita" cospia e limpava a boca e o meu mamilo :D acabei por me render e deixei-as mamar até qd elas achassem que era altura ideal, é cansativo mto mesmo, principalmente devido ás noites, mas é uma fase única e mto gratificante de recordar.

CC Mãe de Duas princesas disse...

Acho que fazem bem. Nós fazemos o mesmo com os nossos. Há uns meses atrás 2 deles (tenho 3) fugiram e o Scuby só não foi apanhado porque é mais esquivo. A Fofinha já tinha casa. A sorte é que o descobrimos e o miúdo que a tinha apanhado estava por perto e devolveu-a. Mas para a próxima pode não correr tão bem. E sinceramente nem sei se saberiam voltar para casa.

Bjs